Cracolândia: é possível acabar com ela? São Paulo | Calhas e Coifas São Paulo

Cracolândia: é possível acabar com ela? São Paulo | Calhas e Coifas São Paulo

Cracolândia: é possível acabar com ela?
Clique para ampliar


Cracolândia: é possível acabar com ela?

Trata-se de uma ação que vai de encontro aos anseios da população, que por muito tempo esperava que algo fosse feito pelo poder público para acabar de vez com esse quadro vexatório para todo o Estado. Mas será que as medidas tomadas estão sendo as mais corretas para o combate? Será de fato efetivo e produtivo o que o Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo estão fazendo para vencer esse mal?

Como se Formou a Cracolândia?

 Para responder a essas perguntas, é interessante antes de tudo compreender como se deu a formação da cracolândia, já que conhecer a raiz de um problema é fundamental para saber como resolvê-lo. Via de regra, as drogas entram na vida de pessoas que vêm de famílias desestruturadas, pobres e sem grandes perspectivas de vida. Não se trata de uma verdade universal, mas na maioria dos casos é isso o que acontece. Porque a pessoa nessas condições naturalmente não tem acesso a educação de qualidade, a segurança adequada e nem ao atendimento de saúde satisfatório. Ou seja, há uma conjuntura de coisas que no geral levam as pessoas ao submundo das drogas.
 Assim foi formada a cracolândia, por pessoas abandonadas pelo Estado, que encontraram nas drogas um refúgio para driblar a marginalidade e se sobressaírem à indiferença de uma sociedade que exclui e massacra os que possuem menos condições de vida.

O Caminho para Acabar com a Cracolândia

Acabar com a cracolândia é, sim, perfeitamente possível, mas não com o uso das forças policiais, que tudo o que conseguem é transferir o problema de um lugar para o outro. Ou seja, retiram daqui e eles se estabelecem ali, formando um círculo vicioso que não será quebrado senão por meio da devolução da dignidade humana e da auto-estima dessas pessoas. O caminho é, portanto, a ação social e não a ação policial.
 Se as pessoas tiverem acesso à educação e à saúde; se forem tratadas como doentes que precisam de médico e não como criminosas que precisam de prisão; se forem submetidas a um tratamento adequado, certamente esse problema acabará sem a necessidade do uso da força e da violência.
 Mas o Estado prefere fazer uma pirotecnia desnecessária e infrutífera, que dá mídia mas nunca irá efetivamente proporcionar a cura das pessoas que, sem tratamento, continuarão com seus mesmos problemas. Talvez se consiga uma cidade mais limpa, mas sua população continuará maculada pelas drogas em seus becos e vielas, onde os olhos humanos não vêem, mas o coração das pessoas sente...

Como Oferecer Tratamento aos Usuários da Cracolândia?

 O tratamento adequado para que os usuários de drogas da cracolândia realmente se libertem dos males da dependência deve ser feito numa clínica de reabilitação, administrado por profissionais competentes e treinados para utilizar as técnicas mais adequadas com essa finalidade.
 O Estado pode e deve oferecer para os dependentes após reabilitação oportunidades de mudança de vida, como emprego, auxílio médico e acompanhamento psicológico.

Cracolândia: é possível acabar com ela?