Como ajudar um alcoólatra a parar de beber São Paulo | Calhas e Coifas São Paulo

Como ajudar um alcoólatra a parar de beber São Paulo | Calhas e Coifas São Paulo

Como ajudar um alcoólatra a parar de beber
Clique para ampliar


Como ajudar um alcoólatra a parar de beber

SEJA COMPREENSIVO, MAS NUNCA PERMISSIVO
 É necessário você ter o cuidado de estabelecer a diferença entre compreensão e permissividade. A pessoa que está em situação de alcoolismo precisa de compreensão, mas não de permissividade. Ao invés de permissividade, ele precisa de limites. E pode, inclusive, precisar de internação compulsória, caso não reconheça a necessidade de tratamento. E nesse caso também podemos lhe ajudar.

PARTICIPE DO TRATAMENTO
 Após a internação, orientamos a família a participar ativamente do processo de tratamento.

ACOLHA
 Quando o tratamento for finalizado e o reabilitado voltar para casa, acolha-o com carinho e lhe dê muito amor. Faça-o sentir que está no lugar certo, entre as pessoas que o amam. Isso vai ser muito importante para ele!

DEIXE A BEBIDA ALCOÓLICA LONGE DE SUA CASA (E DE SUAS VIDAS)
 Um dos maiores problemas enfrentados pelos alcoólatras após reabilitados é a possibilidade de uma recaída. Se a família em casa não tiver essa consciência, com certeza vai dificultar o processo. Deixe as bebidas alcoólicas longe de sua casa e com certeza você estará ajudando bastante!

NÃO PRESERVE AS AMIZADES QUE TRAZEM MÁS INFLUÊNCIAS
 Sabe aqueles amigos que gostam de ir para sua casa fazer churrasco e tomar cerveja nos finais de semana? Tente convencê-los a uma diversão sem bebida alcoólica. Se não der certo, não aceite mais as festinhas em casa. Se tiver que perder as amizades, paciência. É melhor não manter essas amizades do que mantê-las e depois fazer seu parente afundar no alcoolismo novamente.

AUXILIE ELE NO PÓS-TRATAMENTO DO ALCOOLISMO
 O pós-tratamento tem como principal característica ajudar o reabilitado a permanecer firme no seu propósito de mudança de vida. Por isso, não permita que ele deixe de participar dessa etapa. Vai ser muito importante!

SAIBA QUE ESTENDER A MÃO NUNCA É SINAL DE FRAQUEZA
 Jamais imagine que estender a mão uma segunda vez seja sinal de fraqueza! É claro que nós jamais queremos que aconteçam as recaídas, mas se acontecer, dê apoio para que o alcoólatra não volte ao vício.

Como ajudar um alcoólatra a parar de beber